Skip to main content

Centenas de consumidores estão insatisfeitos e querem o cancelamento do Beach Park Vacation Club, cuja classificação é “não recomendada” no site Reclame Aqui:

reputação beach park vacation club no Reclame Aqui

E se você chegou até aqui, é provável que também esteja buscando o cancelamento do Beach Park Vacation Club, sem pagar as famigeradas multas contratuais, pois ainda não conseguiu de maneira amigável, assim como vários outros consumidores que também estão indignados com esta situação:

depoimento de cliente que não conseguiu o cancelamento do beach park vacation club

Mas fique tranquilo, pois existe solução para resolver o seu problema e vamos te explicar neste artigo.

E para tanto, abordarei os seguintes pontos:

1. Beach Park Vacation Club vale a pena?

Você está num resort, parque aquático ou apenas passeando na praia e, de repente, acaba com um contrato debaixo dos braços com duração que varia de 5 a 20 anos.

O processo comercial de venda deste tipo de serviço, chamado de vacation club, timeshare ou multipropriedade, é bem agressivo e tem como objetivo fazer com que você tome uma decisão emocional e não racional.

Por isso, te colocam sob pressão até você assinar o contrato, utilizando algumas táticas de neuromarketing, chamada de gatilhos mentais.

gatilhos mentais vacation club engel advogados

Veja alguns deles.

Gratuidade e reciprocidade

Utilizam como isca um brinde, um almoço, toalha, ingresso.

Com isso, também cria-se um impulso de retribuição (você precisa devolver algo que recebeu) e acaba se submetendo ao processo de vendas de timeshare.

Coerência

Antes de falar de como funciona o serviço, te perguntam quais lugares do mundo você gostaria de conhecer.

Depois dizem que com o parceiro de troca de férias, RCI, é possível que você conheça todos estes lugares. Se você é coerente, se sentirá forçado a aceitar.

Ancoragem

O primeiro preço que te apresentam é um valor muito alto.

Porém, vão simulando concessões únicas até chegar a um valor irrecusável que caiba no seu bolso.

Aprovação social

Para cada venda realizada, fazem uma pequena festa colocando em evidência os contratantes.

Se você não fechar, estará fora do grupo dos festejados. Você quer isso?

Esses são exemplos de alguns gatilhos, mas devem ser utilizados outros também.

Por isso, depois de buscar informações detalhadas sobre o real funcionamento do contrato ou até mesmo tentar utilizá-lo, é comum que haja arrependimento da contratação do Beach Park Vacation Club.

Os dois principais problemas relatados são:

1️⃣ altas taxas de manutenção cobradas independente da utilização das férias;

2️⃣ impossibilidade de utilizar as semanas de férias conforme sua conveniência.

Por estes motivos, para grande parte das pessoas o Beach Park Vacation Club não vale a pena.

E se você faz parte deste grupo, vem junto, pois vamos te ensinar a conseguir cancelamento do Beach Park Vacation Club, sem pagar multa.

2. Porque é possível o cancelamento do Beach Park Vacation Club, sem pagar multa

O problema central é a exigência de uma multa para cancelar um contrato que não será utilizado pelo consumidor.

De um lado, o Beach Park Vacation Club entende que o consumidor desistiu do contrato e deve pagar uma multa sobre o valor total do contrato.

Já o consumidor, entende que foi enganado e se soubesse exatamente como funcionava não teria assinado e se comprometido com este contrato.

Por isso, é importante que você saiba alguns alguns argumentos que podem fundamentar um cancelamento do Beach Park Vacation Park, sem pagar multa.

argumentos para fundamentar cancelamento de beach park vacation club engel advogados

1) Descumprimento de oferta

Junto com o programa de férias do Beach Park, o consumidor também contrata o programa de troca de férias RCI sob a promessa de que terá acesso mais vantajoso a hotéis em todo o mundo.

Porém, ao fazer um simples cálculo do que gastará entre taxas e outras despesas da RCI, o consumidor descobre que é mais barato fazer a reserva diretamente com o hotel ou em intermediadores como booking.

Há, deste modo, um descumprimento da oferta.

2) Venda emocional

Esse tipo de controvérsia não é novidade. A venda emocional é pública e notória, aplicada há décadas em contratos de timeshare e a justiça brasileira vem reiteradamente enfrentando esta situação.

Como o consumidor realiza o negócio, sob pressão e sem tempo hábil para reflexão racional, a justiça entende que há um vício de consentimento. Ou seja, o consumidor contrata uma coisa, pensando que era outra.

3) Falta de informação

Além da venda emocional, também há outros fatos que merecem atenção nesta negociação.

Durante a negociação, os vendedores para ativar o gatilho da coerência te estimulam a falar sobre os destinos que pretende para depois dizer que isso será possível pelo programa.

Mas não explicam as restrições de utilização dos destinos em alta temporada.

Já imaginou poder ir à Disney com seus filhos apenas durante o período de aulas?

Neste programa, é comum que você tenha uma semana para utilizar algum hotel em Orlando, para visitar a Disney com seus filhos, mas as datas disponíveis não coincidem com as férias escolares:

exemplo de contrato beach park vacation club

E por aí vai, dependendo do caso concreto, deve ser analisado o que não foi informado, mas deveria ter sido na hora da oferta.

4) Descumprimento do contrato por indisponibilidade

Há casos também em que o consumidor tenta utilizar o programa ou algum certificado e não consegue, por alegada indisponibilidade.

Porém, quando faz uma pesquisa em outros meios de oferta, como o booking.com constata disponibilidade para a data desejada.

time sharing engel advogados

3. Cancelamento do contrato de vacation club sem pagamento de multa

A multa é uma penalidade que deve ser aplicada a quem descumpre alguma obrigação contratual.

Mas se acontecer uma das situações acima, o consumidor não pode ser responsabilizado pela extinção do contrato e, consequentemente, não deve pagar multa.

Restituição do valor pago

Como consequência lógica, se o contrato é cancelado sem pagamento de multa, todo o valor pago para aquisição do programa e também as taxas de manutenção devem ser devolvidas integralmente.

4. Processo judicial para conseguir cancelamento do Beach Park Vacation Club

Agora que você já sabe que tem direito ao cancelamento do Beach Park Vacation Club, sem multa, preste atenção no que precisa fazer para resolver essa dor de cabeça.

É provável que você tenha enviado e-mail e assim como vários outros consumidores enganados também reclamado no ReclameAqui, FaceBook, Google, etc, e mesmo assim não conseguiu resolver seu problema.

Por isso, não tem outro jeito, você precisará entrar na justiça para resguardar seus direitos.

Se o seu contrato tiver o valor de até 40 salários mínimos, você pode entrar por conta no Juizado Especial Cível.

Porém, você precisará pedir a anulação de cláusulas contratuais, o que exige um conhecimento específico em timeshare. Por isso, recomendamos que busque auxílio de um advogado especializado em direito do consumidor.

5. Processos contra Beach Park Vacation Club para cancelamento de contrato sem pagar multa

Uma ação judicial é coisa séria e para evitar que nossos clientes percam tempo e dinheiro, fazemos uma rigorosa análise das teses que estão sendo aceitas pelos tribunais.

E para você também ter mais segurança, selecionamos alguns julgamentos que de cancelamento do Beach Park Vacation Club que afastaram a cobrança da multa do consumidor.

  • Processo 0033337-13.2010.8.26.0007 (São Paulo): Contrato que, apesar oferecido no mercado de consumo como programa de férias familiares, obsta expressamente a fruição das unidades em todos os feriados do ano, bem como nos meses que correspondem às férias escolares (janeiro e julho). Restrição temporal que se afigura abusiva quando considerado o perfil do consumidor alvo.
  • Processo 1028253-11.2019.8.26.0100 (São Paulo): Violação do dever de informar, bem como a existência de múltiplas estipulações abusivas atinentes à prestação e remuneração dos serviços, e ainda a ausência de efetiva utilização a remunerar.
  • Processo 1616593-40.56188.260477 (São Paulo): Tática agressiva de venda e à confusa redação das cláusulas contratuais.

Os fundamentos destacados foram trechos extraídos dos próprios julgamentos e você pode constatar que orbitam em torno cláusulas abusivas, falha de dever de informação e até mesmo tática agressiva de vendas.

Como os contratos são padronizados é praticamente certo que as mesmas cláusulas que foram reconhecidas ilícitas anteriormente se repitam no seu contrato.

6. Conte com a gente para conseguir o cancelamento do Beach Park Vacation Club, sem pagar multa

Muitas pessoas já assinaram um contrato de vacation club, sem ter plena consciência do que estavam contratando.

Quando caem na realidade e tentam cancelar, se deparam com uma multa sobre o valor total do contrato que inviabiliza o desfazimento do negócio.

Mas nós te mostramos que há fundamentos jurídicos para você conseguir o cancelamento do Beach Park Vacation Club, sem pagar multa.

Por isso, se você está passando por este problema, busque a defesa dos seus direitos.

Julio e Layane

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Join the discussion 11 Comments

  • IBERE CAINA GRIBLER DE SOUZA disse:

    Boa tarde

    Fui mais um convencido com as inverdades sobre o programa do beach park e gostaria de realizar o processo de cancelamento deste contrato. Como podemos fazer isso?? Fiz a aquisição dia 26/11 agora

  • Carolina disse:

    Fiz essa semana dia 28/12 e já me arrependi. Como posso agir?

  • Roberta Ravelly disse:

    Estou com problemas com o programa de férias vacation clube.

  • Giselia Sousa de Paiva disse:

    Queria cancelar meu contrato

  • Noelle Vidal disse:

    Vocês já tiveram algum caso onde houve utilização do programa antes do pedido de cancelamento?

    Noelle Vidal

  • Ana Anita disse:

    Gente boa tarde, meu marido adquiriu quando estávamos de férias, estávamos com os filhos dele que são de fora, e foi toda aquela conversa bonita, isso foi em janeiro. Nosso cartão que usávamos pra pagar foi bloqueado, e eu comecei a descobrir que são várias as restrições pra uso, e toda aquela história de irmos com as crianças até pra Disney não seria possível. Pra minha surpresa descobri que pra cancelar agora, mesmo tendo pago várias parcelas, sem sequer usar, precisamos ainda pagar o equivalente a várias parcelas. Além de todo o valor, ainda existem várias taxas e ainda uma limitação de data, o que torna simplesmente impossível de ser utilizado em família. Estou muito chateada pois pelo menos 6 parcelas de mais de 700 reais já foram pagas e com o bloqueio do cartão estão falando em ajuizamento da dívida.

Leave a Reply