Skip to main content

O golpe da portabilidade de empréstimo consignado é uma fraude que tem sido cada vez mais comum, principalmente entre aposentados, pensionistas e servidores públicos.

Nos dias atuais, qualquer proposta vantajosa de redução de juros no seu empréstimo consignado é de brilhar os olhos, não é?

No entanto, por trás desta promessa tentadora, esconde-se o golpe da portabilidade.

Você tinha uma dívida, desejava reduzi-la e encontrou uma  “solução”: a portabilidade. Mas, era um golpe.

Ao invés de resolver os seus problemas e diminuir suas parcelas mensais, acabou ficando com mais dívida do que já tinha. Esse é o famoso golpe da portabilidade.

Isso tem acontecido com frequência e muitos servidores públicos, aposentados e pensionistas estão ficando com um enorme prejuízo financeiro e muita dor de cabeça.

notícia sobre golpe de empréstimo consignado E se você caiu no golpe da portabilidade, mas não fizer nada, o seu prejuízo financeiro irá continuar da forma como se encontra.

Ou quem sabe até piorar…

Mas existe solução e vamos te ajudar a resolver o seu problema. Neste artigo, vou te explicar tudo sobre o golpe da portabilidade de empréstimo consignado.

O que é a portabilidade de empréstimo consignado?

A portabilidade de empréstimo consignado é a transferência de um contrato de crédito de uma instituição financeira para outra, mediante solicitação do cliente.

Com isso, você consegue negociar com a nova instituição financeira taxas de juros mais vantajosas no seu empréstimo consignado.

Essa operação é super comum e válida.

Porém, algumas vezes, a operação não era a que você esperava. Você queria reduzir sua dívida, mas acabou com mais uma. Imagine a seguinte situação: Você possui uma dívida de empréstimo consignado com o “Banco SuperBomDemais”.

Depois de algum tempo, recebe uma excelente proposta do “Banco +DinheiroJá”, para reduzir os juros e o valor das suas parcelas mensais.

Ao concordar com o “Banco +DinheiroJá, você deseja realizar a portabilidade do seu empréstimo consignado para garantir essa redução.

Então um novo empréstimo é realizado com intuito de quitar o anterior.

Porém, não é feita a quitação do empréstimo anterior, e você fica com as dívidas tanto no “Banco SuperBomDemais e Banco +DinheiroJá.

É exatamente isso que acontece no golpe da portabilidade de empréstimo consignado.

E se esse é o seu caso, você precisa resolver o quanto antes para que o seu prejuízo financeiro não fique ainda pior e tenha mais dor de cabeça para conseguir reverter a situação.

Por aqui, já atendemos centenas de pessoas que chegaram extremamente frustrados e angustiados depois que caíram no golpe da portabilidade.

Nesse artigo, falamos sobre 4 Tipos de Golpe do Empréstimo Consignado Que Todo Aposentado e Servidor Público Precisa Saber.

O que é o golpe da portabilidade de empréstimo consignado?

O golpe de falsa portabilidade direcionada é uma prática na qual pessoas mal-intencionadas se fazem passar por agentes bancários e propõem às vítimas a oportunidade de transferir seus empréstimos consignados para outras instituições financeiras.

Os golpistas enganam as vítimas de que essa mudança trará benefícios financeiros.

No entanto, em vez disso, esses criminosos encaminham os fundos para suas próprias contas bancárias, acarretando em perdas financeiras significativas.

Confira como funciona o golpe da falsa portabilidade de empréstimo e o que fazer se foi vítima.

Como funciona o golpe da portabilidade?

Os golpistas estão inovando cada vez na maneira de aplicar o golpe da portabilidade. Com o aumento das operações bancárias pelos canais digitais, isso facilita ainda mais a aplicação desse golpe.

Então, vamos te mostrar o passo a passo que o golpista faz para te oferecer a portabilidade, para você ficar esperto:

Como a fraude de portabilidade funciona?

  • 1️⃣ Você recebe a mensagem de uma pessoa que se passa por “consultor financeiro” e diz trabalhar com um correspondente bancário de uma determinada instituição financeira.
  • 2️⃣ Essa mensagem inicial recebida já contém todas as informações do seu empréstimo consignado, incluindo número, valor das parcelas e valores que já foram pagos.
  • 3️⃣ Você acredita ser uma operação segura, já que esse “consultor financeiro” forneceu todas as informações sobre o seu empréstimo consignado.
  • 4️⃣ Com isso, esse golpista oferece a redução da dívida para outra instituição financeira (com uma proposta muito atrativa, até mesmo a promessa no recebimento de um “troco”).
  • 5️⃣ Acreditando em todas as informações e na esperança de reduzir aquela dívida e ainda receber uma quantia com essa transação, você aceita realizar a portabilidade do seu empréstimo consignado.

Obs.: todas as informações são dadas pelo correspondente bancário e por entender muito bem desse mundo dos consignados, irá fornecer ótimas explicações, conseguindo contornar muito bem a situação e fazer com que a operação de fato aconteça.

Quer saber como é aplicado o golpe da portabilidade e o que você deve fazer caia nessa farsa? Então leia esse artigo até o final!

Como é aplicado o golpe da portabilidade?

Depois das explicações do falso consultor, a vítima já está totalmente convencida e com todas as informações, e é induzida a realizar um novo empréstimo.

Perante toda a documentação, acredita ser da portabilidade, mas na verdade se trata de mais um empréstimo, comum mesmo, ou seja, um empréstimo a mais.

Eu já atendi aqui no escritório diversos casos onde a pessoa realizou um empréstimo a mais achando que simplesmente estava fazendo uma portabilidade.

E os prejuízos financeiros dessas pessoas acabam ficando cada vez mais altos… Assim que é concluída a contratação do novo empréstimo, um valor é creditado na conta e o golpista mais uma vez contorna a situação e conta uma nova história.

Dessa vez, ele induz a vítima a transferir o dinheiro diretamente ao novo banco que “comprou” a sua dívida, para que ocorra a efetivação da transação. A vítima, acreditando se tratar da portabilidade, segue todas as instruções. Porém, se dá conta que o empréstimo anterior não saiu da sua margem de consignado.

A pessoa que acabou de cair no golpe da portabilidade questiona esse fato para o golpista.

Ele, então, esperto como é, responde o seguinte: “A transação leva um tempo para ser concluída.

Enquanto isso, você vai ficar com os dois empréstimos, mas, assim que for resolvida essa situação, vai ficar somente com o empréstimo que acabou de fazer aqui conosco!”

Porém, passa uma, duas, três, quatro ou mais semanas e o problema não foi resolvido. Ou seja, a pessoa permanece com os dois empréstimos bancários!

Com muita insistência, a vítima continua buscando pelo golpista a fim de resolver o seu problema, mas na maioria dos casos, eles acabam “sumindo do mapa”.

Ao perceber que a portabilidade não ocorreu e por ter mais empréstimos do que deveria e sem o seu dinheiro de volta, aquilo que lhe traria benefício, acaba se transformando em total prejuízo e muita dor de cabeça. A situação é desesperadora.

Foi isso o que aconteceu com você?

A Engel Advogados sabe como te ajudar.

O que fazer se cair no golpe da portabilidade?

Ao cair no golpe da portabilidade, a primeira coisa a ser feita é não realizar mais nenhum tipo de transação com esse novo empréstimo gerado, pois assim a situação ficará ainda mais difícil de reverter.

Onde denunciar golpe consignado?

Você pode denunciar um golpe consignado a várias autoridades e órgãos responsáveis, como por exemplo: Polícia, Procon, Banco Central, Ministério Público, entre outros órgãos reguladores financeiros.

Tem como recuperar o dinheiro de um golpe?

O direito de exigir o dinheiro de volta é legítimo. Contudo, dificilmente você conseguirá recuperar o dinheiro transferido ao golpista, pois é pouco provável que ele mantenha o valor em conta corrente.

Por isso, o caminho mais seguro é ir atrás da instituição financeira que habilitou o correspondente bancário, pedindo na justiça o cancelamento do contrato de empréstimo consignado.

Caiu no golpe de portabilidade o que fazer

 

O ideal é procurar a ajuda de um advogado especialista no assunto.

Com a documentação que comprove todos os fatos, o advogado irá buscar a melhor estratégia para resolver o seu problema com o golpe da portabilidade.

Quais os direitos que você tem se cair no golpe?

  • Suspensão das parcelas mensais: sabemos que você não quer mais nenhum desconto na sua folha de pagamento e, por isso, em um pedido liminar ao juiz, solicitamos para que haja a suspensão dos descontos até a decisão final no processo judicial.
  • Cancelamento do contrato: por se tratar de um golpe da portabilidade que lhe trouxe inúmeros prejuízos, é necessário pedir o seu cancelamento para que você se livre o mais rápido possível dessa dívida.
  • Restituição das parcelas descontadas: com as parcelas sendo descontadas mensalmente enquanto o seu problema não é resolvido, presume-se que você tenha um prejuízo material e com isso, a restituição dos valores já descontados é cabível ao caso.
  • Indenização por danos morais: por ser vítima de golpe da portabilidade, e com desconto diretamente em seu salário, nesse tipo de situação as condenações são entre 5 e 10 mil reais. Diante disso, sabemos que as instituições financeiras devem responder independentemente da existência de culpa e reparar os danos que foram causados aos consumidores que caíram no golpe da portabilidade.

Perguntas frequentes

Confira as perguntas mais frequentes que nossos clientes nos fazem sobre o golpe de portabilidade de empréstimo consignado.

Como saber que estou caindo em um golpe de empréstimo?

Para identificar um golpe de empréstimo, fique atento às seguintes armadilhas:

  1. Taxas antecipadas: se pedirem taxas antes de liberar o empréstimo, é suspeito.
  2. Garantia de aprovação: promessas de aprovação sem checagem são arriscadas.
  3. Informações pessoais excessivas: solicitação de muitos dados pessoais é suspeita.
  4. Falta de documentos: sem contratos ou termos claros é um sinal.
  5. Pressa e urgência: pressão para agir rapidamente pode indicar golpe.
  6. Comunicação insegura: e-mails ou sites não oficiais são alertas.
  7. Linguagem vaga ou enganosa: termos confusos podem esconder detalhes.

Quais os riscos da portabilidade?

A portabilidade de empréstimo tem riscos a considerar:

  1. Custos extras: taxas de transferência e outros encargos.
  2. Mudança de condições: novos termos, taxas e prazos.
  3. Perda de benefícios: oode perder vantagens do empréstimo atual.
  4. Variação de juros: taxas podem mudar futuramente.
  5. Requisitos de elegibilidade: bancos podem ter critérios rígidos.
  6. Incerteza econômica: mudanças nas condições financeiras.

Avalie bem antes de optar pela portabilidade e busque orientação se necessário.

Como se proteger do golpe da portabilidade?

Para se proteger do golpe da portabilidade de empréstimo consignado:

  1. Confirme a fonte antes de compartilhar informações pessoais.
  2. Desconfie de ofertas exageradas.
  3. Não clique em links suspeitos.
  4. Evite fazer transferências financeiras.
  5. Denuncie suspeitas de fraude às autoridades.
  6. Mantenha-se informado sobre golpes financeiros comuns.

Como cancelar empréstimo consignado por golpe?

O cancelamento da portabilidade de empréstimo consignado depende da aprovação da instituição financeira após solicitação.

Por outro lado, o cancelamento forçado da portabilidade só ocorre através de processo judicial, que exige a comprovação de irregularidades na contratação.

Se você foi vítima do golpe da portabilidade, não deixe de fazer valer o seu direito!

Se você caiu no golpe da portabilidade, é bem provável que não conseguirá resolver de forma amigável.

Além do mais, os bancos alegam que não possuem responsabilidade porque não participaram do golpe da portabilidade, dificultando ainda a situação.

No entanto, já te mostrei que é possível resolver esse problema.

Afinal, você não pode ficar sem fazer nada e com toda essa dívida em seu nome.

Não aceite situações de injustiças e procure os seus direitos.

Essa é mais uma forma de combater as fraudes bancárias, que deixam inúmeros servidores endividados.

A Engel está aqui para defender você!

Bem, fico por aqui.

Eu espero que esse artigo sobre o golpe da portabilidade tenha te ajudado.

Qualquer dúvida, pode me chamar. Estou à disposição.

Um forte abraço e até o próximo artigo!

Layane Ildefonso Advogada

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Faça um comentário 2 comentários

Deixe uma resposta